Os Maiores Sociólogos do Mundo e Como Eles Contribuíram para a Sociologia!

A Sociologia define-se por ser a área das ciências humanas voltada justamente para estudos e análises da sociedade como um todo e de cada unidade que a compõe, sendo assim, compreende não somente o comportamento humano como também se dedica a pensar os grupos, organizações e instituições, abarcando dessa forma inúmeras relações sociais e politicas. A possibilidade de compreensão das diversas sociedades é, portanto, o objetivo central da sociologia.

Pesquisas, análises e observações das sociedades fazem parte da rotina dos estudiosos dessa área, chamados sociólogos.  Todas essas observações resultam em reflexões que não são de interesse exclusivo de quem se dedica a essa ciência. Os resultados obtidos a partir de pesquisas e análises sociológicas são de interesse de homens comuns, de políticos, curiosos e de todos aqueles que tenham também interesse em compreender a dinâmica da sociedade.

Cabe salientar também que a Sociologia é uma ciência, que assim como muitas outras, tem nomes de muita notoriedade, e estudos de grande relevância. Vejamos então quais são os principais sociólogos e como suas correntes de pensamento vem influenciando o desenvolvimento dessa ciência no estudo da sociedade.

Os principais sociólogos do mundo


Emile Durkheim

Emile Durkheim é considerado um dos pais da sociologia moderna, sendo fundador da escola francesa. Seu método combina a pesquisa empírica com a teoria sociológica. Este sociólogo é amplamente reconhecido por ser um dos principais teóricos do conceito de coesão social. Forneceu definições acerca do que seria normal e do que seria patológico dentro de uma sociedade. Além disso, Durkheim foi extremamente importante para o fortalecimento da sociologia ao desenvolver além de trabalhos teóricos, obras que tratavam da divisão social do trabalho.  Suas principais obras são “Regra do método sociológico”, “As formas elementares da vida religiosa”, “Da divisão social do trabalho”, entre diversas outras.


Karl Marx

Karl Marx, outro renomado sociólogo, embora tenha inúmeras outras áreas de atuação, teve também enorme influencia na sociologia.  Seus escritos são importantíssimos para a área especialmente no que trata das relações sociais, de classe. Ele nos apresenta fortemente o que chama de luta de classes, e critica a organização capitalista da sociedade moderna, sendo também conhecido como fundador da doutrina comunista moderna. Karl Marx é hoje parte obrigatória dos estudos da área de humanas, não sendo diferente na Sociologia.


Max

Max  é um renomado filósofo e sociólogo alemão.  Este intelectual representa aquilo que ficou conhecido como a Escola de Frankfurt,uma escola de teoria social interdisciplinar neomarxista.  Este intelectual judeu sofreu importante influencia do filósofo alemão Shopenhauer. Horkheimer delineia os principais traços da chamada teoria crítica a partir do marxismo, opondo-se a tudo que ele compreendia como teoria tradicional.  Essa teoria, segundo ele, pretenderia ultrapassar o subjetivismo e o realismo típicos de uma concepção positivista.  Em suma, essa teoria se lançava no intuito de fazer com que os homens passassem a protestar contra sua a aceitação e resignação frente às ordens estabelecidas.


Theodor Adorno

Theodor Adorno apresenta-se como outro expoente da Escola de Frankfurt.  Também de origem judaica, Adorno destaca-se por ser reconhecido como sociólogo, filósofo, musicólogo e compositor. Seu pensamento é considerado um dos mais complexos de todoo século XX, e uma de suas mais importantes obras a “Dialética do esclarecimento”, escrita juntamente com Horkheimer, mostra-se como uma crítica da razão instrumental, fundada em uma interpretação de cunho negativo do iluminismo, e da logica cultural do sistema capitalista. É a partir dessas formulações que Adorno formula suas criticas a indústria cultural, uma de suas mais importantes e conhecidas teorias.


Jurgen Habermas

Jurgen Habermas, que atuou como assistente de Theodor Adorno, é outro grande nome da Sociologia.  Mostra-se como herdeiro das discussões e teorias da Escola de Frankfurt, embora tenha procurado superar o pessimismo característico dos fundadores da Escola. Habermas, entre outras teorias, mostra-se um defensor de uma ética universalista, formalista e cognitivista, buscando assim garantira participação de todo interessado na vida publica e nas decisões. Para Habermas os princípios éticos independem de conteúdo.


Max Weber

Outro grande nome da Sociologia, considerado também como um dos fundadores da mesma, é Max Weber.  Esse importante intelectual alemão é de grande influencia também para as áreas da economia, filosofia,         administração, ciência política e direito.  Sua principal obra é “A ética protestante e o espírito do capitalismo” onde iniciou suas reflexões acerca da sociologia da religião. Seus argumentos baseavam-se na crença de que a religião era uma das razoes pela qual o oriente e o ocidente desenvolviam-se de forma diversa, destacando ainda características particulares do protestantismo que teriam sido cruciais par ao advento do capitalismo, da burocracia e do estado racional nos países ocidentais.

 

Conclusões acerca dos mais conhecidos sociólogos do mundo

Assim pudemos ter uma breve noção do pensamento dos principais nomes da sociologia moderna, além de observar que seu pensamento influencia ainda hoje no desenvolvimento de estudos e teorias em diversas outras áreas. A formação múltipla desses homens faz com que seus conceitos e suas teorias ultrapassem todas as barreiras e tornem-se, na maioria das vezes, conhecimentos multidisciplinares e importantíssimos para a formação humana.

Esta postagem contribuiu para o seu aprendizado? Então curta a nossa página no Facebook!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

  1. By bruna

    Reply

  2. By ABEL MATEUS TOMOCENE CUNGA

    Reply

  3. By Jean

    Reply

  4. Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>